Guedes diz a empresários que vai insistir em taxar dividendos; veja a lista

Guedes diz a empresários que vai insistir em taxar dividendos; veja a lista

O ministro ainda disse que o governo está estudando novas ações e medidas de apoio para as empresas que estão em dificuldades

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reuniu-se hoje à tarde, em São Paulo, com empresários e entidades de classe para discutir a reforma tributária.

Segundo uma pessoa presente ao encontro, empresários fizeram questionamentos ao ministro sobre a ausência de medidas para exoneração da folha e não contemplação de simplificação e medidas para ICMS.

Empresários e entidades afirmaram que as mudanças apresentadas pelo relator do texto da reforma tributária, Celso Sabino (PSDB-PA), foram positivas.

Sabino propõe que, para empresas com lucros de até R$ 20 mil por mês, a alíquota será reduzida dos atuais 15% para 5% no primeiro ano e para 2,5% no segundo ano. Já a taxação do Imposto de Renda para e

12,5% em 2022, e 10% a partir de 2023.

O ministro disse que o governo está estudando novas ações e medidas de apoio para as empresas que estão em dificuldades, de acordo com essa fonte. “O ministro queixou-se muito do desvio do foco que a CPI está provocando”, disse essa fonte. “Guedes disse que a concentração do país deveria estar na vacinação, reformas tributária e administrativa.”

Guedes participou de reunião com empresários, representantes de sindicatos, federações e associações no Ministério da Economia, em São Paulo. Mais tarde, almoçou com lideranças empresariais para tratar do mesmo assunto no Hotel Grand Hyatt, também em São Paulo.

Segundo lista divulgada pela assessoria de imprensa da pasta, foram convidados para a reunião:

Gabriel Rocha Kanner – presidente do Instituto Brasil 200
Ricardo Lacaz – Sócio Fundador do Lacaz Martins, Pereira Neto, Gurevich & Schoueri Advogados

Adonai Arruda – Presidente da SEAC-PR (Sind. Asseio e Conservação)
Vander Morales – Preside da FENASERHTT (Fed. Trabalho Temporário)

Renato Fortuna – Presidente da FEBRAC (Fed. Limpeza e Asseio)

 

Hamilton Brito – Presidente da SINFAC-SP (Sind. Factoring)

Amabile Pácios – Vice- Presidente FENEP (Fed. Escolas Particulares)

Marun David Cury – Diretor de Defesa Profissional da APM (Ass. Paulista de Medicina)

José Jacobson – Presidente da ABREVIS (Ass. Vigilância)

João Palhuca – Presidente da SESVESP (Sind. Segurança Privada)

 

George Pinheiro – Presidente da CACB (Conf. Associações Comerciais)

Alberto Macedo – SIMPLIFICA JÁ

João Diniz – Presidente da CEBRASSE

Washington Cinel – Gocil

João Appolinário – Polishop

Nabil Sahyoun – ALSHOP (Ass. Logistas de Shopping Centers)

Vander Giordano – Multiplan

Sebastião Bomfim – Centauro

Rafael Furlanetti – XP Investimentos

Alfredo Cotait – Associação Comercial de São Paulo

Edgard Corona – SmartFit

Candido Júnior – Hapvida

Glauco Humai – ABRASCE (Ass. Bras. Shopping Centers)

Meyer Nigri – Presidente Tecnisa

Rafael Corsino – Presidente da Anapa

Urubatan Helou – Presidente do Grupo Brasspress

José Carlos – Presidente Grupo SMZTO

Alberto Saraiva – Presidente Habib´s

Fonte: Valor Econômico