CAMPANHA DA SOCIEDADE CIVIL DE INCENTIVO AO ISOLAMENTO SOCIAL

fique em casa

CAMPANHA DA SOCIEDADE CIVIL DE INCENTIVO AO ISOLAMENTO SOCIAL

A CEBRASSE junta-se ao movimento da sociedade civil e apela a seus associados e parceiros que cumpram com mais rigor o isolamento social nos próximos 15 dias e estimulem seus familiares, associados, vizinhos, amigos, clientes, fornecedores, principalmente trabalhadores a fazer o mesmo, usem seus meios de comunicação e influência para esse fim. Sugere, ainda, que demais organizações da sociedade patronais, laborais, da sociedade civil organizada, religiosas, esportivas, clubes, sociedades de bairro, torcidas organizadas, entidades estudantis, de profissionais liberais, turismo, partidos políticos, esportistas, artistas, personalidades formadoras de opinião, demais organizações, tomem iniciativas nesse sentido.

O setor de serviços, que a CEBRASSE representa, é o que mais gera PIB e empregos. Importante portanto que as empresas associadas a associados da CEBRASSE, somos 80 sindicatos, associações e federações, transformem seus milhares de trabalhadores em formadores de opinião junto a seus familiares e nos seus locais de moradia, contribuindo para formar uma corrente, divulgando informações sobre como evitar contaminação e importância do isolamento social.

Todos queremos a volta à normalidade, a abertura do comércio, das demais atividades econômicas, poder ir a restaurantes, igrejas, competições esportivas, preservar empresas e empregos, ajudar médicos e enfermeiras, o sistema de saúde e isso só será obtido atingindo no mínimo 60% de isolamento, o que será viável se todos colaborarmos.

Este é um caminho e as outras duas opções será ficar como está, sabe-se lá quanto tempo, com a contaminação e mortes se ampliando, a abertura indiscriminada, com resultados possivelmente catastróficos ou o lockdown, que poderia quebrar milhares de empresas e extinguir milhões de empregos, além de piorar a situação da população de menor renda.

Atingindo 60% de isolamento, conforme técnicos na saúde, é possível iniciar uma abertura gradual e segura da economia e evoluir para uma situação de normalidade, como está acontecendo em outros países.

A situação atual demonstra que apesar dos esforços, as autoridades médicas, governador e prefeitos dos municípios, não estão conseguindo o isolamento necessário. É importante que a sociedade civil contribua com esse esforço, proposta de isolamento rigoroso por quinze dias, que a nosso ver poderia unir também as autoridades e políticos de todos os níveis.

APELAMOS

Participe dessa corrente do bem, passe a frente essa mensagem. Você quer que a quarentena acabe? Então fique em casa nos próximos 15 dias. Sem mais isolamento social, a contaminação e as mortes não diminuem, e não poderemos voltar ao trabalho

Milhares de empresas e empregos estão sendo destruídos

FIQUE EM CASA! PRESERVE VIDAS, AS EMPRESAS E OS EMPREGOS