Tributação previdenciária pode aumentar a folha de pagamento | Cebrasse




NOTÍCIAS



Tributação previdenciária pode aumentar a folha de pagamento

FEBRAC

19 de Outubro de 2010 

A próxima parcela mensal da contribuição social, cujo o prazo de vencimento é em 20 de outubro, pode representar um aumento significativo na folha de pagamento de algumas empresas. É o que afirma a advogada tributarista da Assis Advocacia, Thayse Tavares.

A contribuição social é um dos tributos cobrados para custear os serviços de assistência e previdência social. O aumento na folha de pagamento deve ocorrer devido a uma Instrução Normativa publicada pela Receita Federal que estabelece normas gerais de tributação previdenciária e de arrecadação das contribuições sociais destinadas à Previdência Social.

“A medida pode trazer alterações de 1% a 3% nas alíquotas do GILL-RAT [antigo Seguro de Acidente de Trabalho] sobre a folha de pagamento” declara.

Análise por atividade

A instrução determina que caso a pessoa jurídica desenvolva mais de uma atividade prevalecerá, para fins de classificação, a atividade preponderante, assim considerada a que representa o objeto social da empresa ou a unidade produto para qual convergem as demais em regime de conexão funcional.

“O ponto crucial da questão é que o GILL-RAT deve ser definido de acordo com as estatísticas de acidentes por CNPJ [Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas], observando-se a atividade preponderante em cada estabelecimento, e não de acordo com a Instrução Normativa”, diz.

Ela acrescenta que a medida generaliza a alíquota das empresas, pois não considera, por exemplo, a área administrativa, cujo índice de acidente é menor do que a operacional.

Em relação ao porte da empresa, a advogada declara que todas podem ser afetadas, já que o aumento considera a atividade da empresa e não o tamanho.

Ação judicial

As empresas que registrarem aumento em sua folha de pagamento devem recorrer judicialmente, pois a medida contraria uma súmula do STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre o grau de risco de acidentes.

“Se for verificado o aumento na alíquota, as empresas têm legitimidade para propositura de ações judiciais, visando o afastamento da exigência, em vista de que, a edição da Instrução Normativa, pela Secretaria da Receita Federal, contraria posicionamento outrora firmado pelo STJ”, finaliza.

 

Matérias anteriores  
   22/01/16 TCU manda governo punir fraudes em licitações de TI
   15/01/16 Desemprego nacional sobe para 9% no trimestre terminado em outubro
   15/01/16 Aviação executiva aposta em serviços para voltar a decolar
   15/01/16 Programa de Alimentação do Trabalhador beneficiou 19,5 milhões de brasileiros em 2015
   15/01/16 Divulgado calendário de feriados nacionais de 2016
   13/01/16 Comissão de Trabalho rejeita regulamentação do ofício de vigia
   09/01/16 Escalada da inflação começou a ser gestada em 2010; veja infográfico
   08/01/16 Ministério da Saúde contratará 2.493 profissionais temporários no Rio de Janeiro
   05/01/16 Campanha de coleta de lixo eletrônico termina no dia 19
   05/01/16 Prazo para entrega da RAIS 2015 inicia em 19 de janeiro
   05/01/16 Demissões em massa impulsionam reclamações trabalhistas no Brasil
   17/12/15 Setor de limpeza defende fim da multa para empresas que não atingirem cota para deficientes
   14/12/15 Mauro Zaque afirma que terceirização dos presídios seria solução rápida
   11/12/15 Comissão permite suspensão de contrato se órgão atrasar pagamento
   11/12/15 Secretário da Receita vai explicar reforma do PIS/Cofins a empresários
   07/12/15 Mercado prevê queda de 3,5% do PIB em 2015 e de 2,31% em 2016
   07/12/15 PAs precisam gerar mais valor para o atendimento
   04/12/15 Laércio realiza mobilização nacional contra aumento do Pis/Cofins
   01/12/15 TCU manda governo punir fraudes em licitações de TI
   30/11/15 CGU lança guia de integridade para auxiliar empresas no combate à corrupção
   26/11/15 Projeto que propõe anulação de multas para contabilistas é aprovado em comissão
   24/11/15 Desemprego vai a 8,9% com procura maior e pouca criação de vagas
   19/11/15 Haddad sanciona lei que obriga casas de show e escolas a ter bombeiros
   04/11/15 Enviada ao Congresso proposta para corte de gastos em 2016
   30/10/15 Carga tributária chegou a 33,47% do PIB no ano passado, diz Receita
   30/10/15 Taxa de desemprego sobe para 8,7% no trimestre encerrado em agosto
   30/10/15 Aumento de impostos sobre a cerveja pode fechar 85 mil bares, diz Abrasel
   30/10/15 Abrasel prevê fechamento de bares e desemprego com ICMS maior em SP
   30/10/15 Carga tributária recua para 33,47% do PIB em 2014, diz Receita Federal
   30/10/15 Câmara altera prazo para contratos de prestação de serviço entre empresas

VER NOTÍCIAS ANTERIORES


  CEBRASSE © 2016 CENTRAL BRASILEIRA DO SETOR DE SERVIÇOS English Version
Av. Paulista, 726 - 7ºAndar Cj. 710 - - São Paulo - SP - (11) 3251.0669 / 3253.1864 - FAX: 3253.1864
Criação de Sites
YoutubeTwiitterLinkedin Facebook