Tributação previdenciária pode aumentar a folha de pagamento | Cebrasse




NOTÍCIAS



Tributação previdenciária pode aumentar a folha de pagamento

FEBRAC

19 de Outubro de 2010 

A próxima parcela mensal da contribuição social, cujo o prazo de vencimento é em 20 de outubro, pode representar um aumento significativo na folha de pagamento de algumas empresas. É o que afirma a advogada tributarista da Assis Advocacia, Thayse Tavares.

A contribuição social é um dos tributos cobrados para custear os serviços de assistência e previdência social. O aumento na folha de pagamento deve ocorrer devido a uma Instrução Normativa publicada pela Receita Federal que estabelece normas gerais de tributação previdenciária e de arrecadação das contribuições sociais destinadas à Previdência Social.

“A medida pode trazer alterações de 1% a 3% nas alíquotas do GILL-RAT [antigo Seguro de Acidente de Trabalho] sobre a folha de pagamento” declara.

Análise por atividade

A instrução determina que caso a pessoa jurídica desenvolva mais de uma atividade prevalecerá, para fins de classificação, a atividade preponderante, assim considerada a que representa o objeto social da empresa ou a unidade produto para qual convergem as demais em regime de conexão funcional.

“O ponto crucial da questão é que o GILL-RAT deve ser definido de acordo com as estatísticas de acidentes por CNPJ [Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas], observando-se a atividade preponderante em cada estabelecimento, e não de acordo com a Instrução Normativa”, diz.

Ela acrescenta que a medida generaliza a alíquota das empresas, pois não considera, por exemplo, a área administrativa, cujo índice de acidente é menor do que a operacional.

Em relação ao porte da empresa, a advogada declara que todas podem ser afetadas, já que o aumento considera a atividade da empresa e não o tamanho.

Ação judicial

As empresas que registrarem aumento em sua folha de pagamento devem recorrer judicialmente, pois a medida contraria uma súmula do STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre o grau de risco de acidentes.

“Se for verificado o aumento na alíquota, as empresas têm legitimidade para propositura de ações judiciais, visando o afastamento da exigência, em vista de que, a edição da Instrução Normativa, pela Secretaria da Receita Federal, contraria posicionamento outrora firmado pelo STJ”, finaliza.

 

Matérias anteriores  
   22/04/14 País gera 344.984 empregos no primeiro trimestre do ano
   09/04/14 Aprovado limite para responsabilização de sócio de empresa
   09/04/14 Banco poderá mudar horário de atendimento em dia de jogo do Brasil na Copa
   09/04/14 Sabesp agora cogita fazer rodízio de água ainda neste ano em SP
   09/04/14 CCJ do Senado aprova CPI ampla da Petrobras, com cartel do Metrô de SP
   09/04/14 Editorial: A Copa como ela é
   08/04/14 Editorial: Para baixo do tapete
   08/04/14 FMI reduz pela 3ª vez previsão de crescimento da economia brasileira
   08/04/14 Para 55%, Copa trará prejuízos ao povo
   07/04/14 BC confirma apostas e sobe o juro básico, a Selic, para 11% ao ano
   07/04/14 Alckmin aprova 'Mais Médicos' tucano
   07/04/14 Centrais fazem marcha em SP para pressionar governo a negociar pauta trabalhista
   07/04/14 O valor dos serviços
   04/04/14 Presidente da Associação Comercial de São Paulo pede simplificação das leis
   04/04/14 Em 20 anos, Lei de Licitações não foi capaz de coibir desvios
   03/04/14 Análise: Economias emergentes pagam por desvios do capitalismo
   02/04/14 Indústria segue em alta e cresce 0,4% em fevereiro
   02/04/14 Para Mantega, alta de preços é 'passageira' e PIB ficará perto de 2013
   31/03/14 Legislação e Tributos: Limite a riscos e estímulo a investimentos
   31/03/14 IPCC alerta que pobres serão os mais castigados por mudanças climáticas
   28/03/14 Lobão admite pedir economia de energia na Copa
   28/03/14 Fifa sinaliza que Odebrecht pagará estruturas provisórias
   27/03/14 Lançamento indicadores econômicos do agenciamento turístico 2013
   26/03/14 Governo arrecada recorde de R$ 83,1 bilhões em impostos em fevereiro
   26/03/14 Câmara aprova Marco Civil da Internet
   26/03/14 Agência S&P agora rebaixa nota de mais 13 empresas brasileiras
   24/03/14 Como as empresas devem agir diante de problemas no trabalho durante a Copa
   24/03/14 Setor de serviço quer mais atenção do governo
   13/03/14 Relatora amplia RDC para todas as licitações e contratos públicos
   12/03/14 Mauricio de Sousa oferece gibis como propaganda para Vale-Cultura

VER NOTÍCIAS ANTERIORES


  CEBRASSE © 2014 CENTRAL BRASILEIRA DO SETOR DE SERVIÇOS English Version
Av. Paulista, 726 - 7ºAndar Cj. 710 - - São Paulo - SP - (11) 3251.0669 - FAX: 3253.1864   Criação de Sites .com.br
Curta a Cebrasse no Facebook Assista nossos vídeos no Youtube