Cebrasse News - 07 de Agosto de 2007

APOIADORES


ABEMPI
ABF
ABRALIMP
ABRASEL
ABRAT
ABRELPE
ABREVIS
ADLIM
ADIPLAN
ADORC
AMBC
APRAG
ARAÚJO ABREU
EQUAÇÃO
ESCOLTA
FEBRAC
FENAVIST
FENASERHTT
GALES
GB SERVIÇOS
GRUPO ALBATROZ
GUIMA
MARICATO ADV
NEO TV
ORSEGUPS
PLANINVESTI
POLICRED
QUALITY AMJ
NAC
SEAC-ABC
SEAC-ES
SEAC-DF

SEAC-GO/TO
SEAC-MG
SEAC-PA
SEAC-PR
SEAC-RJ
SEAC-SC
SEAC-SP
SELUR
SESCON-SP
SESVESP
SINDEPRESTEM
SINDESP-DF
SINDHOSP
SINSERTH
STA
UPS BENEFÍCIOS


CONSELHO CONSULTIVO

ABEMPI
ABERC
ABES
ABF
ABLA
ABMS
ABPITV
ABRALIMP
ABRASEL
ABTA
ACONBRAS
ADVB
AHESP
ANFAC
ANCLIVEPA
APIMEC
APRAG
ASSERTTEM
CRA-SP
CRC-SP
FAEASP
FCDL
FEBRAC
FENAVIST
FENASERHTT
IBEF
MONAMPE
NEOTV
SEAC-ABC
SEAC-DF
SEAC-MG
SEAC-PA
SEAC-PR
SEAC-RJ
SEAC-SC
SEAC-SP

SELUR
SESVESP
SIMPRES
SINAENCO
SINDCONT-SP
SINDEPP-SP
SINDEPRESTEM
SINDERC-SP
SINDESP-DF
SINEATA
SINSERHT-MG
SINDETELEBRASIL


• Cebrasse participa, na Fiesp, do Movimento contra a CPMF

• População pode aderir ao Movimento contra a CPMF

• TV Serviços traz deputado federal para falar da CPMF


Cebrasse participa, na Fiesp, do Movimento contra a CPMF

Mais de 300 pessoas, entre representantes de entidades, entre elas a Cebrasse – Ação Brasileira de Apoio ao Setor de Serviços -, empresários e parlamentares participaram na manhã de ontem (06), no Teatro Popular do Sesi, do Movimento contra a Prorrogação da CPMF e do Lançamento da Frente Estadual de Vereadores. A mobilização de caráter suprapartidário defendeu o fim do tributo, inicialmente provisório, e que já se estende há 11 anos.

O movimento propõe a derrubada da proposta do Governo de prorrogar mais uma vez a CPMF, medida que entrará em votação este mês no Congresso.
O tributo foi criado em 1996 para auxiliar a saúde pública. A proposta do então ministro Adib Jantene era de que as verbas oriundas desta contribuição fossem aplicadas em melhorias, como construção de hospitais e investimentos no setor da saúde.

Para este ano, a arrecadação deverá ficar em torno de R$ 30 bilhões. O vereador Celso Jatene (PTB-SP), que lidera um comitê de vereadores de apoio ao movimento, acredita que o retorno do dinheiro arrecadado pela contribuição não acontece como deveria. “Apesar de oferecer quase 50% dos recursos, São Paulo recebeu apenas R$ 900 milhões da União", frisou. O vereador também lembrou que, quando a CPMF foi criada, o sistema de saúde recebia 22% do orçamento da seguridade social. Hoje, ressalta, são repassados apenas 13%. “Essa diferença evidencia a não necessidade de se prorrogar o tributo”.

Durante a abertura, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, afirmou que não se trata de um movimento contra ou a favor do governo. “Ouço dizer que o governo não pode abrir mão da CPMF porque alguns setores sociais seriam prejudicados. Não somos contra os projetos sociais, mas eles não aparecem”.

O presidente da Cebrasse, Paulo Lofreta, afirmou que esta é a oportunidade para que o Brasil faça uma inversão efetiva da carga tributária. “Só com o fim desta contribuição será possível fazer uma verdadeira reforma fiscal, combatendo o desperdício e os desvios de recursos públicos. E de acelerar a queda de juros que seguram o crescimento e o desenvolvimento do país. Somente uma grande mobilização da sociedade civil, como esta que começamos na Fiesp, irá pressionar nossos parlamentares e eliminar definitivamente essa vergonhosa contribuição chamada CPMF”.


População pode aderir ao Movimento contra a CPMF

O público pode fazer sua adesão eletrônica ao movimento contra a prorrogação da CPMF. O manifesto poderá ser preenchido por meio de computadores que ficarão, até sexta-feira (10), instalados em frente ao prédio da Fiesp, na Avenida Paulista, em São Paulo. Quem preferir pode acessar o site da Cebrasse e aderir ao manifesto. As adesões já somam mais de 500 mil assinaturas.


TV Serviços traz deputado federal para falar da CPMF


Nesta semana, o programa TV Serviços discute a CPMF e como caberá aos deputados federais a votação da não prorrogação desta contribuição. O convidado de Paulo Lofreta é o deputado federal Walter Ihoshi (DEM-SP). O parlamentar fala qual será seu voto e sua posição como deputado federal.

A carga tributária e a postura do Congresso diante das CPI’ s são outros assuntos abordados no programa. O economista Isaias Custódio participa da entrevista questionando o deputado Walter Ihoshi sobre os principais assuntos de interesse da população.

Assista à entrevista na íntegra nesta quarta- feira (08) pelo site www.tvservicos.tv

 

ENTRE EM CONTATO COM A Cebrasse

E-mail

imprensa@Cebrasse.com.br

Telefones
(11) 3825-8995 Fax: (11) 3828-3536




CEBRASSE ESSA AÇÃO