São Paulo, 03 de Março de 2009 - Cebrasse News
ENTIDADES FILIADAS CEBRASSE

ABBTUR-MG
ABEMPI
ABERC
ABF
ABES
ABLA
ABMS
ABO NACIONAL
ABPI-TV
ABRALIMP
ABRASEL
ABRAT
ABRELPE
ABREVIS
ABTA
ABTV
ACONBRAS
ADORC
ADVB
AHESP
ANCLIVEPA
ANFAC
APIMEC
APRAG
CRA SP
CRC SP
FAEASP
FEBRAC
FCDL
FEHOESP
FENAVIST
FEPRAG
IBEF
INTER-AFFINITY
SEAC-ABC
SEAC-ES
SEAC-MG
SEAC-MS
SEAC-PA
SEAC-PR
SEAC-RJ
SEAC-SC
SEAC-SP
SELUR
SESVESP
SETA
SIMPRES
SINAENCO
SINDCONT-SP
SINDEPRESTEM
SINDERC-SP
SINDESP-BA
SINDESP-ES
SINDHOSP
SINDIMOTOR
SINDITELEBRASIL
SINEATA
SINEPE-DF
SINSERHT-MG

APOIADORES CEBRASSE

ADLIM
AMBC
ARAÚJO ABREU
ESCOLTA
GALES SERVIÇOS
GUIMA CONSECO
MARICATO ADV
NAC
PLANINVESTI
POLICRED
QUALITY AMJ
STA
UPS BENEFÍCIOS


CEBRASSE NEWS

CEBRASSE vai a FIESP
entidades incrementam ações conjuntas na cadeia produtiva


Paulo Lofreta esteve em audiência com o presidente da FIESP na última sexta-feira (28/02), ocasião em que apresentou a Paulo Skaf a disposição do setor de Serviços em se unir ao da Indústria, nas ações de interesse mútuo dos dois segmentos nos processos de produção.


Paulo Lofreta, Paulo Skaf e Sérgio Barbour

“Nossos setores têm um alto nível de interação na cadeia produtiva, e o que interessa é ultrapassar questões que possam significar empecilhos ao bom êxito de nossas gestões,”, declarou o presidente da CEBRASSE ao deixar o gabinete de Skaf.

De acordo com Lofreta, um dos tópicos da conversa foi a regulamentação da Terceirização através de Projeto de lei nº 4302/98 que tramita no Congresso Nacional, e o interesse das duas entidades em se chegar a um consenso que satisfaça todas as partes envolvidas - trabalhadores e os dois setores econômicos - na busca de melhorias na qualidade dos serviços contratados.

Outro foco da conversa foram questões relativas aos impactos da crise mundial na economia brasileira – seja no plano preventivo, seja no de posturas críticas que a indústria e os prestadores de serviços apresentam às medidas tomadas pelo governo brasileiro para minimizar os efeitos nos mercados interno e externo. Um ponto comum à opinião dos dois dirigentes empresariais na questão da empregabilidade no País: o trabalhador que perdeu o trabalho na indústria não vai ter como consumir bens e serviços, e isso forma uma cascata de perdas que se refletem em todos os momentos da vida dos cidadãos e das empresas”, avaliou Lofreta.

Participaram também da reunião o segundo vice-presidente da FIESP, João Guilherme Sabino Ometto, e Sérgio Barbour, chefe de Relações Institucionais e Governamentais da entidade.


CEBRASSE NEWS

CEBRASSE - Central Brasileira do Setor de Serviços

NOVOS TELEFONES

PABX: (11) 3251 0669
FAX: 3253 1864


www.cebrasse.org.br


Acesse para ser removido do nosso mailing