Mantenedores e Apoiadores da Cebrasse

A testemunha na Justiça do Trabalho

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região

MANIFESTO PELA APROVAÇÃO DA REFORMA PREVIDENCIÁRIA

O Brasil passa por um momento inédito em sua história, pela primeira vez é registado o envelhecimento da população nacional. Nos últimos anos, a população brasileira perdeu o posto de "jovem", segundo o IBGE, e passou a ter uma população de faixa etária predominantemente adulta. Em nosso país, o fenômeno vem se manifestando de maneira acelerada, devido ao decréscimo acentuado das taxas de natalidade registradas e o aumento da expectativa de vida, que deve chegar aos 76,1 anos até 2020.

Para se ter ideia, em 2010 os idosos brasileiros representavam 10% da população, a projeção é que em 2030 esse número deverá passar dos 30%. Esse envelhecimento gradativo da população demandará novos desafios para o país, por conta de que a População Economicamente Ativa concentra-se nas idades intermediárias, em que o cidadão apresenta as condições necessárias para o trabalho e a consequente geração de riquezas. O primeiro sistema a ser afetado será a previdência social, que funciona de forma solidária e participativa, ou seja, os segurados ativos sustentam os inativos. Entretanto um quadro futuro alerta para dificuldade de que o número de trabalhadores ativos não será suficiente para financiar as aposentadorias dos idosos.

A idade média de aposentadoria atual no Brasil é de 59,4 anos, sendo uma das mais baixas do mundo. Por estes motivos, o rombo na previdência já é real. Em 2017, por exemplo, o déficit do INSS passou dos R$ 260 bilhões e a tendência é de aumento significativo nos próximos anos. Quem sustenta esse sistema deficitário é a iniciativa privada que paga impostos exorbitantes e já não suporta tanta carga diretamente. O setor de serviços, responsável por mais de 70% do PIB brasileiro, clama pela Reforma da Previdência que, assim como a Reforma Trabalhista e a Lei da Terceirização, irá melhorar o ambiente de negócios e auxiliar o país no caminho para a retomada do crescimento. Por estas razões, a Central Brasileira do Setor de Serviços (Cebrasse) é a favor da aprovação imediata da Reforma Previdenciária.

Avelino Lombardi
Presidente de SEAC-SC e Vice Presidente Suplente da CEBRASSE

VII Prêmio Cebrasse do Setor de Serviços - ENTREVISTAS

DESTAQUE NA MÍDIA

Alexandre de Moraes: Presunção de inocência e efetividade judicial

Brasil patina na guerra fiscal global e pode perder novos investimentos

DESTAQUE PUBLICAÇÃO JURÍDICA

TRABALHO INTERMITENTE: PROBLEMA OU SOLUÇÃO?

Supressão da obrigatoriedade da contribuição sindical é absolutamente inconstitucional

Cebrasse na Mídia

News de 10 de Dezembro de 2017

Assista abaixo o pronunciamento de Rodrigo Maia

Jornal da Cultura - Prêmio Cebrasse do Setor de Serviços

Pesquisa Cebrasse - REFORMA TRABALHISTA

Entre em contato

Telefones

Telefones: (11) 3251.0669 / 3253.1864 - Fax: (11) 3253.1864
(11) 5093-9936 - Assessora de Imprensa - Lúcia Tavares

Endereço

Av. Paulista, 726 - 7ºAndar Cj. 710 - São Paulo - SP - CEP 01310-100

CLIQUE AQUI E VEJA O CALENDÁRIO DE REUNIÕES
Use as setas abaixo para trocar de mês, e aguarde alguns instantes para o carregamento dos eventos.